CETESB instala estação de monitoramento no Reservatório Taiaçupeba

A nova estação vai monitorar a qualidade das águas do último grande manancial da Região Metropolitana de São Paulo

A CETESB conta com mais uma estação automática de monitoramento de rios e reservatórios. Nesta primeira semana de abril, a Diretoria de Engenharia e Qualidade Ambiental, em companhia da equipe técnica do Departamento de Qualidade Ambiental, visitaram a Estação Automática que entrou em operação, em março, no Reservatório Taiaçupeba, em Suzano.

Segundo o engenheiro Luís Altivo Carvalho Alvim, gerente do Setor de Hidrologia da CETESB, a nova estação vem monitorar a qualidade das águas do último grande manancial da Região Metropolitana de São Paulo, que ainda não contava com essa tecnologia automática. No local, a SABESP capta uma vazão média significativa de 11,9 m3/s para abastecimento público como parte do sistema produtor Alto Tietê.

Adquirida com recursos FEHIDRO – Fundo Estadual de Recursos Hídricos, por meio do Projeto “Ampliação e Aprimoramento da Rede Automática de Monitoramento da Qualidade das Águas dos Mananciais da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê”, a estação possui equipamentos de última geração que medem em tempo real os parâmetros pH, temperatura, oxigênio dissolvido, condutividade elétrica e turbidez. Os dados obtidos a cada 10 minutos passam por um processo de validação, antes de serem disponibilizados para o público interno da Companhia, por meio do Sistema Qualiáguas.

Com a instalação da Estação Taiaçupeba, a Rede Automática de Monitoramento da Qualidade das Águas da CETESB amplia sua cobertura na bacia do Alto Tietê. Desta forma, os dados gerados nesta estação, assim como das outras 14 estações automáticas, permitem o acompanhamento em tempo real das condições dos corpos hídricos, de forma a detectar eventuais alterações na qualidade das águas que podem indicar floração de algas ou outras anomalias decorrentes, por exemplo, de acidentes ambientais.