CETESB e Investe SP reforçam compromisso sobre novos projetos

A CETESB e a Investe São Paulo – Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade – reforçaram o compromisso mútuo visando ao avanço de novos projetos no Estado. No último dia 15/05, o diretor-presidente da Companhia, Carlos Roberto dos Santos, recebeu o presidente da Investe SP, Marcos Antônio Monteiro, e reassumiram a missão conjunta de, cada qual com sua expertise, estimularem as empresas a se instalarem e investirem em território paulista.

Essas empresas, em conformidade com as rigorosas exigências ambientais legais, mas com maior qualidade possível e a devida competitividade, acabam por servir de atraente vitrine ao austero mercado externo.

O presidente da Investe SP esteve acompanhado de seu diretor de Desenvolvimento de Negócios e Relações Institucionais, Sérgio Costa, de sua gerente-geral, Ana Beatriz Fernandes, e do assessor de Meio Ambiente, José Pedro Fittipaldi. Além de Carlos Roberto, participaram do encontro, pela CETESB, o diretor de Engenharia e Qualidade Ambiental, Eduardo Serpa, a diretora de Avaliação de Impacto Ambiental, Ana Cristina Pasini, e a gerente do Departamento de Avaliação Ambiental de Empreendimentos, Mayla Fukushima, e o assistente executivo da Diretoria de Controle e Licenciamento Ambiental, Luiz Roberto Neme.

Conforme ressaltado na reunião, os 200 últimos projetos desenvolvidos no Estado, com iniciativa da Investe São Paulo, tiveram apoio da CETESB no esclarecimento dos quesitos ambientais envolvidos e resultaram em investimentos de cerca de US$ 19 bilhões. Nesse âmbito, entre outros empreendimentos bem-sucedidos, os representantes da Investe SP citaram uma usina termelétrica instalada em Lins, com investimentos de mais de R$ 3 bilhões, e unidades fabris em Sorocaba pertencentes ao Prysmian Group, de origem italiana e líder mundial de cabos e fibras óticas. Eles informaram que no ano passado, houve 35% de crescimento na procura, de empresas que querem se instalar em São Paulo e o número de projetos continua crescente.

Marcos Antônio Monteiro evocou a crise econômica séria por que passa o país, para destacar a necessidade de se manter o “handicap” que o Estado de São Paulo obteve, “e que precisa utilizar”, em razão da credibilidade e do respeito que órgãos como a CETESB e a Investe São Paulo ganharam e têm mantido ao longo dos anos.