Edson Haddad faz palestra para técnicos da Comunidade Andina

O químico Edson Haddad, gerente da Divisão de Gerenciamento de Riscos da CETESB – Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental, esteve em Quito, no Equador, para proferir uma palestra no “Workshop Subregional Andino para Prevenção e Resposta a Emergências por Produtos Químicos Perigosos e Materiais Radioativos”, em que procedeu a um relato da experiência da agência ambiental paulista no atendimento a essa modalidade de acidentes.

O evento, que se estendeu do dia 6 a 8 de junho, foi uma iniciativa conjunta do PREDECAN – Prevención de Desastres en la Comunidad Andina, Organização Pan-Americana de Saúde – OPAS e Defesa Civil do Equador, com a finalidade de promover o intercâmbio de experiências e informações sobre emergências químicas na região. O encontro contou com a participação de 54 profissionais das áreas de atendimento a desastres, corpo de bombeiros, saúde, meio ambiente e defesa civil do Peru, Equador, Colômbia, Venezuela e Bolívia, que integram a Comunidade Andina.

Haddad, que é também coordenador-técnico do Centro Colaborador CETESB da OPAS – Organização Pan-Americana de Saúde em Preparação para Emergência em Casos de Desastres, além de fazer uma exposição sobre as atividades da área de gerenciamento de riscos, atendeu também a um convite para avaliar os trabalhos de elaboração de um plano de prevenção e resposta a acidentes químicos, que está sendo organizado pela Comunidade Andina.

A preocupação com a prevenção e resposta a acidentes químicos, que levou à realização desse encontro, é conseqüência das ações desenvolvidas pelo Centro Colaborador CETESB no Equador, em 2005, como o levantamento de informações sobre o sistema de resposta a emergências químicas de Quito e o curso de 40 horas, realizado nessa cidade, dirigido a técnicos que atuam nessa área.

Fonte
Divisão de Gerenciamento de Riscos