Aterro municipal de Marília é interditado

Técnicos da Agência de Marília da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB procederam hoje, 14.04, à interdição definitiva do vazadouro municipal de lixo da Prefeitura de Marília, localizado na Rodovia Vicinal para Avencas, km 04, s/nº, na zona rural do município.

O vazadouro funcionava no local desde 1996. Conforme o gerente da Agência de Marília, Paulo Wilson Pires de Camargo, nos últimos dois anos, a operação do vazadouro foi terceirizada, o que havia até propiciado uma melhoria do Índice de Qualidade de Aterros – IQR do local. Porém, após a aplicação de várias penalidades, entre outras por causa do lançamento de chorume e também pela falta das licenças ambientais, a proposta de interdição definitiva foi a opção que restou, tendo em vista o esgotamento da vida útil do vazadouro e a ausência de outra alternativa para a disposição do lixo, ou seja, o licenciamento ambiental de um novo sistema de destinação dos resíduos sólidos domiciliares gerados no município – a Prefeitura não dispõe, até o momento, de um projeto para esse novo sistema.

Segundo Camargo, uma vez que está proibida a disposição de lixo no local, a Prefeitura deverá iniciar, em caráter de urgência, o transbordo do lixo para um sistema aprovado pela CETESB.

Texto:
Mário Senaga