Polícia Ambiental comemora 62 anos de atividade

O Policiamento Ambiental do Estado de São Paulo comemorou no dia 14/12, seus 62 anos de implantação. Na ocasião, foi entregue a Medalha Cinqüentenário do Policiamento Ambiental às autoridades e parceiros, entre eles o secretário estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas, o secretário adjunto da pasta, Rubens Rizek, e o presidente da CETESB, Otavio Okano.

O evento aconteceu na Associação dos Oficiais da Polícia Militar e contou com a presença do comandante-geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Alvaro Batista Camilo e do comandante da Polícia Ambiental, Milton Nomura, que apresentou um balanço do trabalho da Polícia Ambiental e o resultado de 89% de conformidade ambiental no Estado.

O objetivo da honraria é galardoar personalidades civis, militares, instituições públicas e privadas, por seus méritos pessoais, e que tenham contribuído para o maior brilho do Policiamento Florestal e de Mananciais ou, de algum modo, prestado relevantes serviços ao Estado de São Paulo. É a mais alta honraria concedida pelo Policiamento Ambiental da Polícia Militar.

“Agradeço ao Bruno Covas pela parceria e apoio da Secretaria ao nosso Policiamento. Juntos não medimos esforços para proteger os recursos naturais do nosso Estado”, afirmou Nomura.
Bruno Covas ressaltou a importância do trabalho realizado pela Polícia Ambiental. “Eu fico muito agradecido pela homenagem, mas vim aqui para agradecer à vocês pelo apoio, pela dedicação e o trabalho, que tanto colabora com o Sistema Ambiental Paulista”, disse o secretário.

Balanço

O Policiamento Ambiental comemora os resultados conquistados em 2011. Foram 550 animais e 15.014 aves silvestres apreendidos, 12.275 autuações lavradas, 101.585 ocorrências atendidas e 827 armas de fogo apreendidas. O Policiamento Ambiental, que também responde pela Patrulha Rural, para garantir segurança ao homem do campo percorreu 7.538.813 quilômetros. “Só temos motivos para comemorar e agradecer aos nossos policiais. São Paulo apresenta uma forte tendência de conformidade ambiental. Hoje esse índice é de 89%, ou seja, a cada 100 vistorias realizadas, 89 estão dentro da regularidade”, comemorou o secretário Bruno Covas.