Eleições para Presidente na Câmara Ambiental da Indústria de Couros em 28/03/2012

A Câmara Ambiental da Indústria de Couros, Peles, Assemelhados e Calçados deflagrou o seu processo eleitoral, convocando a eleição de seu novo presidente para o mandato 2012-2014. A votação acontecerá na próxima reunião plenária da Câmara prevista para se realizar em 28/03/2012, às 10 h, na sede da AMCOA – Associação dos Manufaturadores de Couros e Afins – situada à Av. Alberto Pulicano, 4210, Distrito Industrial, em Franca/SP.

Os candidatos se apresentarão na ocasião e os membros efetivos que deverão votar , além da AMCOA, são representantes de entidades como SINDACOUROS, CICB – Centro das Ind. De Curtumes do Brasil, SINACOURO – Sindicato da Industria de Artefatos de Couro do Estado de São Paulo, CIESP – Centro das Indústrias do Estado de São Paulo, entre outras.

Várias outras entidades também foram convidadas a participar do evento, uma vez que a composição das Câmaras também está em processo de renovação de seus membros efetivos representantes do setor produtivo, onde será aplicado o Regimento Interno das Câmaras.

As Câmaras Ambientais são fóruns colegiados da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, constituídos no âmbito da CETESB, de caráter consultivo e têm como meta promover a melhoria da qualidade ambiental, por meio da interação entre o poder público e os setores produtivos e de infra-estrutura do Estado de São Paulo.

Compostas por dez membros do setor produtivo e seis membros do sistema ambiental, as Câmaras Ambientais do Estado de São Paulo , têm cada uma o seu presidente, cargo este sempre ocupado por um membro efetivo, representante do setor produtivo, durante um mandato de dois anos, podendo ser reeleito uma única vez por igual período consecutivo de dois anos. Isto está determinado no seu Regimento Interno, cujo cumprimento é observado pela Diretoria da CETESB.

Nesse sentido, a maioria das 16 Câmaras Ambientais em atividade deverá convocar suas eleições nos próximos meses, dentro de um processo participativo que garanta a representatividade dos setores envolvidos e a transparência na atuação das mesmas.