Workshop reúne jovens cientistas do Reino Unido e de São Paulo

Jovens cientistas, em início de carreira, do Reino Unido e do Estado de São Paulo estarão reunidos, entre os dias 02 e 06 de fevereiro, na sede da CETESB, onde participam do workshop “Novas abordagens para monitorar e gerenciar a transmissão de doenças transmitidas pela água no Brasil e Reino Unido” (New approaches to monitoring and managing waterborne disease transmission in Brazil and the UK), cujo objetivo é fomentar projetos de pesquisas, proporcionar integração e estimular parcerias entre os participantes dos dois países.

Essa oportunidade de aprimoramento é fruto da parceria entre a FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e British Council, e apoio do Newton Fund. A chamada das propostas foi lançada em abril de 2014, e um total de 16 propostas de workshops foram aprovadas em setembro, entre elas a submetida pela CETESB e Universidade de Brighton, no Reino Unido. A aprovação de um número maior de propostas (inicialmente seriam apenas 6 propostas) se deveu ao apoio financeiro do Newton Fund. Este fundo integra a assistência oficial para desenvolvimento do governo britânico e o objetivo do programa é desenvolver parcerias em ciência, tecnologia e inovação para promover o desenvolvimento econômico e o bem-estar em países em desenvolvimento. A chamada FAPESP-British Council será a primeira utilização de recursos do Newton Fund no Brasil.

O workshop tem a coordenação conjunta do prof. Dr. Huw Taylor, da School of Environment Technology da Universidade de Brighton, e da Dra. Maria Inês Zanoli Sato, do Departamento de Análises Ambientais da CETESB, e contará com contribuições de pesquisadores líderes de ambas as partes: Dr. Edbon James, da Universidade de Brighton, e Dr.Lesley Ogilvie, Max Planck Institute for Molecular Genetics, pelo Reino Unido; e Dra. Elayse Maria Hachich, da Divisão de Microbiologia e Parasitologia da CETESB, e Dra. Maria Tereza Pepe Razzolini, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, pelo Estado de São Paulo.

Durante esses cinco dias de imersão e discussões, os 40 pesquisadores – 20 brasileiros e 20 ingleses – terão a oportunidade de compartilhar e apresentar suas pesquisas e diferentes experiências e, ainda, explorar oportunidades para a construção de colaborações de pesquisa de longa duração. Além dessas oficinas haverá uma visita técnica, no dia 04/02 a uma estação de tratamento de esgoto no ABC e um estudo de campo na Baixada Santista.

Na abertura do evento, na segunda-feira 2, o diretor de Engenharia e Qualidade Ambiental da CETESB, Carlos Roberto dos Santos, deu as boas-vindas a todos os presentes, no Auditório Francisco Thomaz Van Acker, no Prédio 6 da Sede, na capital. Em sua fala, fez uma breve apresentação das atividades da Companhia e do Departamento de Análises Ambientais. Também participaram da abertura o prof. Dr. Huw Taylor; o diretor de Educação e Sociedade do British Council, Claudio Anjos; o membro da Coordenação Adjunta de Ciências da Vida da FAPESP, prof. Carlos Eduardo Negrão; e o prof. David Arnold, decano do Doctoral College da Universidade de Brighton.

Texto: Rosely Ferreira
Fotografia: José Jorge