Você sabia… que a logomarca da CETESB remete ao tema saneamento?

A logomarca da CETESB – marca-símbolo criada por Nabih Mitaini, economista, profissional de relações públicas e programador visual, no início da década de 1970 – remete aos primeiros tempos da Companhia, quando as principais atividades da empresa envolviam água e saneamento básico, sendo que as três faixas azuis representam ondas de água mescladas com o “T” de Tecnologia.

Só para se ter uma ideia da intensidade do envolvimento da Companhia com essa questão na época, frise-se que “CETESB, a Tecnologia a Serviço do Saneamento” foi matéria da Revista DAE, edição nº 72, 1969, a qual relatava a formação da empresa, origens, objetivos, organização além de programas e atividades do CETESB.

Conforme observação registrada na publicação CETESB 25 Anos, a “ênfase sanitária” creditada à Companhia nos seus primórdios, é reforçada pela lenda (sic) que sempre esteve em voga entre os funcionários da agência ambiental paulista, de que esse emblema representava três calhas (material usado em certas atividades de saneamento) sobrepostas em corte transversal…

Por fim, na mesma publicação, destaca-se o seguinte: “…No final da década de 60, a partir da constatação de que a promoção da saúde pública estava particularmente condicionada à existência de ampla distribuição de água potável e de sistemas de esgotos sanitários, mobilizou-se gigantesco esforço para o equacionamento do saneamento básico, ocasião em que se reconheceu a imperiosa necessidade de consistente suporte institucional para a implantação das consideradas melhores soluções tecnológicas. Nesse contexto, surgiram entidades que deveriam, obrigatoriamente transmitir ao público a imagem de eficiência e confiabilidade…”

Eles se referiam à futura CETESB…

Texto: Mário Senaga
Ilustração: Nabih Mitaini (CETESB)
Revisão/pesquisa: Cris Leite
Fonte: CETESB. CETESB 25 anos: uma história passada a limpo. São Paulo: Cetesb, 1994.
REVISTA DAE. CETESB, a Tecnologia a Serviço do Saneamento, nº 72, 1969.