Setor supermercadista apoia logística reversa no estado de São Paulo

Pelo termo de compromisso serão implantados Pontos de Entrega Voluntária (PEV) em supermercados

O estado de São Paulo ganhou um reforço para as Políticas Nacional e Estadual de Resíduos Sólidos. A Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) e a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) assinaram um Termo de Compromisso para Logística Reversa de Embalagens e Óleo Comestível com a Associação Paulista de Supermercados (APAS), na abertura da 35º Feira e Congresso APAS Show 2019, na segunda-feira, 6 de maio, na capital paulista.

A APAS escolheu como tema deste ano “Super Hack: Hackeando o Supermercado”. O presidente da Associação Ronaldo dos Santos disse que a ideia é usar a tecnologia para melhorar a experiência dos consumidores dentro do supermercado. A feira, uma das maiores do setor, recebe visitantes de diversos países.

O Termo de Compromisso para Logística Reversa de Embalagens e Óleo Comestível foi assinado pela diretora-presidente da CETESB Patrícia Iglecias, pelo subsecretário de Meio Ambiente Eduardo Trani e por Ronaldo dos Santos e Paulo Pompilio, da APAS.

O objetivo do termo de compromisso é a logística reversa de resíduos de óleo comestível e de embalagens pós-consumo com a implantação de Pontos de Entrega Voluntária (PEV) nos supermercados.

“A assinatura do termo de compromisso permite uma melhor coordenação dos PEV, que devem ser expandidos pelo estado de SP e traz a parceria com o comércio, que passa a disponibilizar espaços de forma planejada, além de atuar na educação do consumidor”, explicou Patrícia Iglecias.

De acordo com a assessora da Presidência da CETESB Lia Helena Demange, o termo contribui para que o comércio exerça o papel que lhe foi atribuído pela Política Nacional de Resíduos Sólidos, facilitando a coleta de resíduos sólidos junto aos consumidores e inserindo esses resíduos nos sistemas de logística reversa implantados pelos demais atores da cadeia produtiva (distribuidores, fabricantes e importadores).

Para o conselheiro da APAS Paulo Pompilio, o papel do setor supermercadista é disponibilizar espaços de pontos de coleta de forma estruturada e assim apoiar a indústria no atendimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos. “Esperamos que a parceria com a CETESB e a SIMA favoreça a abrangência da iniciativa em todo o estado de São Paulo”.

“Esta iniciativa vai aumentar a consciência da sociedade para a redução dos resíduos sólidos com o apoio do setor de supermercados paulistas”, concluiu o subsecretário de Meio Ambiente Eduardo Trani.

Presentes ao evento, o governador João Doria e o prefeito Bruno Covas e demais autoridades.

Texto: Luciana Reis
Fotos: Gilberto Ruiz