Câmara Ambiental de Mudanças Climáticas apresenta “cases” de sucesso

CAMC realizou sua 8ª reunião, com apresentação de iniciativas efetivadas pelas empresas aderentes do Acordo SP.

A Câmara Ambiental de Mudanças Climáticas (CAMC) realizou, em 10/02, sua 8ª reunião, de modo virtual, na qual foram apresentados mais “cases” de sucesso, efetivados pelas empresas aderentes do Acordo SP, visando à redução de emissão de gases de efeito estufa.

Conforme a pauta prévia do encontro, entre outros, foi aprovada a ata da 7ª reunião, ao lado de comentários sobre o andamento do Grupo de Trabalho – GT “Boas Práticas” e do Sub GT que avalia os “cases”. A apresentação dos principais desafios dos ESG, assim como de mais estudos de casos bem-sucedidos ficaram agendadas para o próximo encontro da CAMC, em abril.

Mas o ponto alto foi mesmo a apresentação dos “cases” de sucesso pela Chemours, Eco Suporte e Reservas Votorantim. Joana Canozzi, da Chemours, fez uma explanação inicial sobre a empresa, multinacional do setor de refrigeração, criada em 2015 e com atuação em mais de 130 países. Foi apresentado o “case” do Supermercado St. Marche, que, com a substituição de fluido refrigerante, além da redução no consumo de energia e da extensão da vida útil do equipamento de refrigeração, reduziu em 50% o impacto climático anual.

Thiago Pietrobon, da Eco Suporte, por sua vez, destacou a importância da destinação correta de embalagens de gás refrigerante. Entre outros pontos, ele informou que essa destinação gera um certificado, com o detalhamento do volume de gás recuperado e seu equivalente em CO2 evitados.

E David Canassa mostrou os diversos benefícios da implantação do “Legado das Águas”, uma Reserva Particular de Desenvolvimento Sustentável – RPDS, administrada pela Votorantim, ressaltando o estoque e sequestro de carbono. O especialista também falou sobre capacidade produtiva de mudas alcançada, o ecoturismo e o programa de apoio a municípios.

CAMC

Em razão da pandemia e do período de quarentena, a CETESB instalou no dia 31 de março de 2020, por videoconferência, a Câmara Ambiental de Mudanças Climáticas – CAMC, anunciada em novembro de 2019 durante o lançamento da iniciativa “Acordo Ambiental São Paulo” no Palácio do Governo do Estado.

Essa Câmara foi instalada para que, em conjunto com entidades e empresas, seja definido como será o relato das emissões e esclarecer demais dúvidas técnicas que possam ser suscitadas pelas partes do Acordo.

Cada ente que compõe o Acordo anunciou, ou anunciará, voluntariamente suas metas de redução de gases de efeito estufa (GEE) e outras melhorias ambientais voluntárias para o período 2020 até 2030.

Para conhecer os aderentes, acesse o link cetesb.sp.gov.br/acordo-ambiental-sao-paulo/.

Texto: Mário Senaga
Copy: Cristina Leite
Planejamento visual e printes: Kissy Harumi