SIGOR-MTR de gerenciamento de resíduos chega a casa de 1,8 milhão de manifestos emitidos

Sinônimo de eficiência e parceria, o sistema idealizado e lançado pela CETESB em janeiro conta com 56 mil empresas cadastradas.

O SIGOR/MTR – Manifesto de Transporte de Resíduos, sistema desenvolvido pela CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo, para o gerenciamento online de resíduos sólidos no Estado de São Paulo, vem apresentando resultados positivos. Lançado em janeiro deste ano, após assinatura de um Acordo de Cooperação com a ABETRE- Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes, contabiliza 56 mil empresas cadastradas e 1,8 milhão de formulários emitidos, com uma média diária de mais de 12 mil MTRs. Conta com 77 mil usuários, mais de 380 mil certificados de destinação de resíduos (CDF) emitidos e mais de 48 mil DMRs (Declaração de Movimentação de Resíduos), relatórios trimentrais preparados pelas empresas.

“Os números são impressionantes e mostram o sucesso da nossa iniciativa em defesa de um meio ambiente cada vez mais equilbrado”, comemora a diretora-presidente Patrícia Iglecias, reforçando a ideia de avançar cada vez mais na boa gestão e controle dos resíduos gerados no estado, evitando assim o seu encaminhamento para locais não licenciados e inadequados.

Além da participação maciça das empresas, as orientações sobre o sistema, disponibilizadas no site da agência ambiental paulista, registram mais de 690 mil visualizações. Por sua vez, os técnicos da CETESB já responderam a 22 mil emails tirando dúvidas de usuários no preenchimento dos campos para cadastro e na utilização do sistema eletrônico. E para facilitar ainda mais os interessados a utilizarem o SIGOR-MTR, a CETESB desenvolveu três vídeos de capacitação que já somam 25 mil visualizações, disponibilizados no endereço:.https://cetesb.sp.gov.br/sigor-mtr/videos-e-manuais/.

Segundo João Luiz Potenza, assistente executivo da Presidência e coordenador do programa, além dessas iniciativas, até o final do ano haverá a funcionalidade de emissão de relatórios que poderão ser utilizados pelos técnicos da CETESB nas 46 Agências Ambientais distribuídos em todo o estado, como ferramenta de gerenciamento e fiscalização. Consultando os relatórios, os técnicos conseguem verificar os dados sobre a quantidade de resíduos que as empresas estão gerando, transportando e destinando aos locais adequados, sem a necessidade de consultar a sede da Companhia.

Outras funcionalidades que estão sendo desenvolvidas, dizem respeito ao gerenciamento dos CADRIS, o Certificado de Movimentação de Resíduos de Interesse Ambiental e das licenças ambientais, aumentando assim a eficiência da gestão dos resíduos.

Patrícia Iglecias reforça que o sucesso do SIGOR-MTR se deve ao esforços dos técnicos da Companhia na criação e implantação do sistema, ressaltando, ainda, que “o sistema representa uma importante parceria entre os setores público e o privado, para avançarmos na melhor gestão de resíduos em nosso estado”.