Representantes da Semas-PA visitam a CETESB

Encontro, entre colaboradores da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade – Semas do Pará e da CETESB, sela parceria iniciada com a visita da diretora-presidente, Patrícia Iglecias, ao órgão paraense.

A atual gestão da Companhia Ambiental de São Paulo prima pelo diálogo e pelo trabalho conjunto como diretrizes para a eficiência da gestão ambiental. Nesse contexto, um dos principais programas da empresa é o ‘CETESB de Portas Abertas’. A iniciativa tem sido ampliada com as recentes parcerias firmadas com os estados de Minas Gerais e do Pará.

Em 13 de abril último, na capital do Estado do Pará, Belém, a diretora – presidente da CETESB, Patrícia Iglecias, assinou o Termo de Cooperação que visa a troca de conhecimentos e experiências nas áreas de resíduos sólidos e licenciamento ambiental. ”O CETESB de Portas Abertas estabeleceu parcerias com municípios do estado de São Paulo e, também, com outros Estados. Com satisfação chegamos ao Pará.” Salientou a dirigente.

Reciprocamente, os secretários adjuntos da Semas, Rodolpho Zahluth Bastos, de Gestão e Regularidade Ambiental, Raul Protázio Romão, de Gestão de Recursos Hídricos, acompanhados pela chefe da consultoria jurídica do órgão, procuradora Tatilla Brito Pamplona e de Luiz Sérgio Akira Kaimoto, da Cepollina Engenheiros Consultores, compareceram a sede da CETESB, em 28.04.

Recebidos pelos assistentes da presidência Antônio Falco Jr. e Guilherme Poletti Zani, puderam conhecer o trabalho da CETESB, por meio da explanação do gerente do Departamento de Desenvolvimento Estratégico e Institucional, Jorge Luiz Nobre Gouveia, que, na sua explanação, concedeu uma visão ampla do quadro de atividades o qual a CETESB está inserida.

Foi apresentado ao grupo, o Inventário de Gases de Efeito Estufa do Estado de São Paulo, pela gerente da Divisão de Mudanças Climáticas e Acordos Multilaterais, Maria Fernanda Pelizzon Garcia. Em seguida, em companhia do gerente Rodrigo Ferreira da Silva, da Divisão de Desenvolvimento de Cenários Ambientais, e do gerente Vinicius Travalini, do Setor de Sistematização de Cenários Ambientais, conheceram a ‘Sala de Cenários’, construída para subsidiar a avaliação ambiental de projetos, por meio do acesso ágil e fácil às informações geradas e usadas no licenciamento com Avaliação de Impacto Ambiental.

Texto – Cristina Leite
Revisão – Cristina Couto
Fotografia – Marilene Florian S de Melo