CETESB e ICLEI firmam parceria para capacitar municípios paulistas a organizar inventário de emissões de gases do efeito estufa

 

29/março/2010

Está previsto para setembro próximo, a primeira ação prática que se integrará à esta nova parceria entre a CETESB e ICLEI

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB e o ICLEI Brasil firmaram parceria com o intuito de capacitar os municípios paulistas a desenvolveram seus inventários de emissões de gases de efeito estufa. O Termo de Cooperação Técnica assinado, em 29.03, contempla outras ações conjuntas, como o desenvolvimento de metodologias voltadas à melhoria da eficiência e gestão estadual e municipal, na questão de energia, qualidade do ar, clima, licenciamento ambiental, saneamento, resíduos sólidos, recursos hídricos e cobertura vegetal, entre outras.

O ICLEI foi lançado como o Conselho Internacional para Iniciativas Ambientais Locais, em 1990, na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque. É uma associação internacional de governos locais e organizações governamentais nacionais e regionais que assumiram um compromisso com o desenvolvimento sustentável. Mais de 1.100 cidades, municípios e associações fazem parte da instituição, participando de campanhas e programas internacionais.

Segundo Laura Valente, diretora executiva do ICLEI Brasil, que esteve na sede da agência paulista acompanhado pelo diretor-presidente Adjunto, Konrad Otto-Zimmermann, a instituição desenvolve a Campanha Cidades pela Proteção do Clima, prestando assistência as cidades pela adoção de políticas e implementação de medidas quantificáveis para a redução de emissões locais de gases de efeito estufa como forma de melhorar a qualidade do ar e de vida nos centros urbanos. Mais de 800 governos locais participam da CCP, integrando medidas de mitigação das mudanças climáticas em seus processos decisórios. O ICLEI promove essa campanha na Austrália, Canadá, Europa, Japão, América Latina, México, Nova Zelândia, África do Sul, sul e sudeste asiático, e os Estados Unidos.

Está previsto para setembro próximo, a primeira ação prática que se integrará à esta nova parceria entre a CETESB e ICLEI, com a realização de um curso aberto a representantes municipais, instituto de pesquisas e outras corporações da iniciativa pública e privada, sobre a elaboração de inventários de emissões de gases.

“Trabalharemos para aprofundar a cultura do inventário nos municípios e nas corporações públicas e privadas, ao mesmo tempo que estaremos pavimentando um trabalho conjunto que esperamos ser multiplicado”, observou Josilene Ferrer, do setor de Clima e Energia da CETESB e uma das organizadoras do Inventário Estadual de Emissões de Gases Efeito Estufa, elaborado com apoio da Embaixada Britânica e que deve ser divulgado até novembro.

Texto
Renato Alonso
Fonte: www.cetesb.sp.gov.br/