Curso: Inventário de Gases de Efeito Estufa: Sustentabilidade Corporativa e Pública – 2010

 

  • Sobre o Curso

    Organizado pela CETESB através do seu Programa Estadual de Mudanças Climáticas (PROCLIMA) e do Setor de Clima e Energia –TDSC, o curso “Inventário de Gases de Efeito Estufa:  Sustentabilidade Corporativa e Pública” realizou-se no Auditório Augusto Ruschi, na sede da Agência, nos dias 23 e 24 de setembro de 2010 e contou com a participação de 74 inscritos e 14 palestrantes de diversos setores e regiões do Brasil.

    O curso teve como objetivo capacitar profissionais de organizações públicas e privadas e do setor público para a elaboração de inventários de emissão de gases de efeito estufa – GEE e de medidas para implantação de políticas para a redução das emissões de GEE baseadas nas metodologias desenvolvidas pelo IPCC – Intergovernmental Panel on Climate Change (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas).

    Participaram do curso como professores, profissionais de diversas áreas relacionadas às mudanças climáticas, como o Dr. Luiz Gylvan Meira Filho, ex-Secretário de Políticas e Programas de Ciência e Tecnologia do MCT e Conselheiro Científico Sênior da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima, além de representantes de reconhecida competência no tema, como o ICLEI e a Fundação Getúlio Vargas, que gerencia o Programa Brasileiro GHG Protocol.

    Participantes:

    • 14 Docentes
    • 74 Alunos

    Temas Abordados:

    • Ciência das Mudanças Climáticas
    • Inventários nacionais, estaduais e municipais
    • Inventários Corporativos
    • Certificação
    • Compensação
    • Financiamento de inventários e projetos

    Metodologia

    • Aulas expositivas com projetor multimídia;
    • Exercícios interativos;
    • Ferramentas de estimativa de emissões de GEE e softwares específicos;
    • Apresentação de casos para debate;
    • Dinâmica de Grupo.

    Importância dos Inventários

    A elaboração de inventários de gases de efeito estufa (GEE) é o primeiro passo para que uma instituição ou empresa possa contribuir para o enfrentamento das mudanças climáticas antropogênicas, ou seja, provocadas ou agravadas pela interferência humana no sistema atmosférico do planeta através da emissão de gases de efeito estufa. A partir do inventário, uma instituição ou empresa pode compreender qual seu impacto nas emissões de gases de efeito estufa, em quais setores ou processos estas emissões se concentram, permitindo que planos e metas sejam traçados para a gestão e redução das suas emissões.

    A realização de inventários de GEE permite às empresas vislumbrarem oportunidades de negócios no mercado de carbono, atraírem novos investimentos e ainda planejarem a otimização de seus processos para otimizar sua eficiência econômica, energética e operacional. Trata-se, portanto, de uma atividade de crescente importância que as instituições cada vez mais deverão realizar para beneficiar-se das oportunidades de mercado existentes, colaborar com a solução do aquecimento global e contribuir no estabelecimento de uma nova economia de baixo carbono.

    CETESB e as Mudanças Climáticas

    O Estado de São Paulo conta desde 1995 com o PROCLIMA – Programa Estadual de Mudanças Climáticas, criado com o objetivo de dar suporte às ações de implementação dos compromissos assumidos pelo Brasil com a assinatura da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças do Clima, através da divulgação de informações sobre o tema, capacitação, colaboração com a esfera federal na divulgação e implementação de ações e produção de informações sobre mudanças climáticas e gases de efeito estufa.

    A CETESB trabalhou na elaboração do “Primeiro Inventário Brasileiro de Emissões Antrópicas de Gases de Efeito Estufa” no setor de resíduos, abrangendo as emissões nacionais no período 1990-1994 e atualmente realiza as estimativas do setor para a Segunda Comunicação Nacional do Brasil à Convenção Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima, tratando das emissões de 1990 a 2005. Coordena também a elaboração do 1º Inventário Estadual de Gases de Efeito Estufa do Estado de São Paulo, que abrange as emissões do estado entre os anos de 1990 a 2008, e desenvolve as estimativas do Setor de Resíduos Sólidos e Efluentes Líquidos.

    Lista Eletrônica de Debates:

    ozonio@cetesbnet.sp.gov.br

  • Programa
  • Notícias
  • Álbum

    Crédito: Bruna Oliveira, Calvin Iost e José Jorge

  • Currículo
  • Material de Apoio
  • Realização
    realizacao_curso2010