Fenol

Fenóis e seus derivados, como clorofenóis e compostos aromáticos relacionados, são substâncias de origem industrial, conhecidos devido a sua elevada toxicidade e por serem compostos comuns em efluentes industriais, oriundos das atividades de produção de: plásticos, corantes, tintas, drogas, antioxidantes, polímeros sintéticos, resinas, pesticidas, detergentes, desinfetantes, refinaria de óleo e principalmente de papel e celulose, além de mineração do carvão ou mesmo despejos domésticos.

Sua conseqüência mais comum é, ao acumular na gordura dos peixes (é lipossolúvel), fornecer gosto ruim ao pescado, pois mesmo em pequenas concentrações (<1 ppm), os compostos fenólicos afetam o gosto e o odor de águas potáveis e peixes(5). Além disso, vários fenóis substituídos, como cloro e nitrofenóis, são altamente tóxicos para o homem e organismos aquáticos e são os principais produtos de degradação de pesticidas organofosforados e fenoxiácidos clorados(5).

Muitos destes compostos possuem efeitos tóxicos em animais e plantas, pois facilmente penetram pela pele e membranas celulares, determinando um amplo espectro de genotoxicidade, mutagenicidade e efeitos hepatotóxicos, além de afetarem as velocidades das reações biocatalisadas nos processos de respiração e fotossíntese(5).

Assim, fenóis e especialmente seus derivados clorados, nitrados e alquilados têm sido definidos como poluentes perigosos devido a sua alta toxicidade e persistência no ambiente(5), e estão presentes na lista de substâncias perigosas e poluentes prioritários da EC (Comissão Européia)(6) e da EPA (Agência de Proteção Ambiental Norte Americana)(7).

Na presença desse contaminante os peixes passam a apresentar movimentos natatórios rápidos, maior batimento opercular, alteração na cor, maior secreção de muco, convulsões, maior susceptibilidade ao ataque de parasitas e lamelas branquiais escurecidas. Em altas concentrações, o fenol também pode vir a provocar hemólise no sangue e ação paralisante dos mecanismos neuromusculares, levando o organismo contaminado à morte.