Acordo Ambiental São Paulo

O Acordo de São Paulo tem como objetivo incentivar empresas paulistas a assumirem compromissos voluntários de redução de emissão de gases de efeito estufa, a fim de conter o aquecimento global abaixo de 2ºC, confirmando o compromisso do Governo do Estado de São Paulo.

A adesão voluntária será renovada automaticamente até 2030 e pretende induzir a redução de GEEs nos próximos 10 anos. O Acordo também prevê o reconhecimento dos signatários como membros da comunidade de líderes em mudanças climáticas, além do apoio técnico governamental. Essa ação incentivará a implementação de novas tecnologias e soluções inovadoras, realçando o protagonismo do Estado na agenda climática.

Como aderir

A empresa interessada pode baixar o formulário  e depois de preenchido encaminhar para acordo2030_cetesb@sp.gov.br – e solicitar o documento para assinatura do Acordo.

A adesão voluntária será renovada automaticamente, até 2030, e pretende induzir a redução de GEEs nos próximos 10 anos.

Empresas participantes

  1. ABIOVE – Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (São Paulo)
  2. ABIPLA – Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes de Uso Doméstico e de Uso Profissional
  3. ABIVIDRO – Associação Brasileira de Indústrias de Vidro (São Paulo)
  4. ABRAVA – Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação E Aquecimento (São Paulo)
  5. ABELPRE – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (São Paulo)
  6. ABSOLAR – Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (São Paulo)
  7. AELO – Associação das Empresas de Loteamento e Desenvolvimento Urbano (São Paulo)
  8. AMYRIS
  9. APAS – Associação Paulista de Supermercado (São Paulo)
  10. ARCELORMITTAL
  11. ARKEMA
  12. ATVOS (São Paulo)
  13. BANDEIRANTES REFRIGERAÇÃO (São Paulo)
  14. BLOCKc TECNOLOGIA E GESTÃO (São Paulo)
  15. BRASKEM (São Paulo)
  16. CAETÉ FLORESTAL (São Paulo)
  17. CARREFOUR
  18. CART – Concessionária Auto Raposo Tavares S/A (Bauru)
  19. CBA – Companhia Brasileira de Alumínio (Alumínio)
  20. CEBDS – Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (São Paulo / Rio de Janeiro)
  21. CHEMOURS COMPANY (Barueri)
  22. CNA – Companhia Nacional de Álcool (Piracicaba)
  23. COCAL – Comércio Indústria Canaã e Álcool LTDA. – Matriz (Paraguaçu Paulista)
  24. COCAL – Comércio Indústria Canaã e Álcool LTDA. (Narandiba)
  25. CONCREMAT – Engenharia e Tecnologia S/A (São Paulo)
  26. CONFORLAB – Engenharia Ambiental (São Paulo)
  27. CORPUS SANEAMENTO E OBRAS (Barueri)
  28. CPFL ENERGIA (Campinas)
  29. DURATEX LOUÇAS (Jundiaí)
  30. DURATEX (Agudos)
  31. DURATEX (Itapetininga)
  32. DURATEX (Jacareí)
  33. DURATEX METAIS (Jundiaí)
  34. DURATEX (São Paulo)
  35. DURATEX FLORESTAL S.A. (Agudos)
  36. DURATEX FLORESTAL S.A. (Itapetininga)
  37. DURATEX FLORESTAL S.A. (Lençóis Paulista)
  38. ECOSUPORTE (Americana)
  39. FECOMERCIO – SP – Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (São Paulo)
  40. FERRARI AGROINDÚSTRIA S/A (Porto Ferreira)
  41. FLSMIDTH (Votorantim)
  42. GAIL – Arquitetura e Cerâmica (Guarulhos)
  43. GAS ECO REENGENHARIA AMBIENTAL (São Paulo)
  44. GFBOND – Global Forest Bond (São Paulo)
  45. GREENYELLOW do Brasil (São Paulo)
  46. GRESOCOL – Indústria e Comércio de Equipamentos para Refrigeração Ltda. (São Paulo)
  47. GRUPO COLORADO AÇÚCAR E ÁLCOOL OSWALDO RIBEIRO DE MENDONÇA LTDA (Guaíra)
  48. GUARANY IND. (Itu)
  49. HOSPITAL SÍRIO LIBANÊS
  50. INPEV – Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (São Paulo)
  51. INSTITUTO GEA – Ética e Meio Ambiente (São Paulo)
  52. INSTITUTO I.S de Desenvolvimento e Sustentabilidade Humana (Taubaté)
  53. JOHNSON CONTROLS HITACHI TECNOLOGIA – Ar Condicionado do Brasil LTDA (São José dos Campos)
  54. KAAN ARCHITECTEN (São Paulo)
  55. LEROY MERLIN (São Paulo)
  56. LÓGUM LOGISTÍCA S. A. (São Paulo)
  57. MARINGÁ FERROS E LIGA S. A. (São Paulo)
  58. MRV – Engenharia e Participações. S.A. (São Paulo)
  59. NITTO DENKO LATINA LTDA (Santana do Parnaíba)
  60. PURCOM QUÍMICA (Santana do Parnaíba)
  61. RAÍZEN – Unidade Produtora da Gasa (Andradina)
  62. RAÍZEN – Unidade Produtora da Serra (Ibaté)
  63. RAÍZEN – Unidade Produtora de Araraquara (Araraquara)
  64. RAÍZEN – Unidade Produtora de Barra Bonita (Barra Bonita)
  65. RAIZEN – Unidade Produtora de Benálcool (Bento de Abreu)
  66. RAÍZEN – Unidade Produtora de Bonfim (Guariba)
  67. RAÍZEN – Unidade Produtora de Costa Pinto (Piracicaba)
  68. RAÍZEN – Unidade Produtora de Destival (Araçatuba)
  69. RAÍZEN – Unidade Produtora de Diamante (Jaú)
  70. RAÍZEN – Unidade Produtora de Ipaussu (Ipaussu)
  71. RAÍZEN – Unidade Produtora de Junqueira (Igarapava)
  72. RAÍZEN – Unidade Produtora de Maracaí (Maracaí)
  73. RAÍZEN – Unidade Produtora de Mundial (Mirandópolis)
  74. RAÍZEN – Unidade Produtora de Paraguaçu (Paraguaçu Paulista)
  75. RAÍZEN – Unidade Produtora de Paraíso (Brotas)
  76. RAÍZEN – Unidade Produtora de Rafard (Rafard)
  77. RAÍZEN – Unidade Produtora de Santa Cândida (Bocaina)
  78. RAÍZEN – Unidade Produtora de Santa Helena (Rio das Pedras)
  79. RAÍZEN – Unidade Produtora de São Francisco (Elias Fausto)
  80. RAÍZEN – Unidade Produtora de Tarumã (Tarumã)
  81. RAÍZEN – Unidade Produtora de Univalem (Valparaiso)
  82. RESERVAS VOTORANTIM (São Paulo)
  83. ROTTA MORO ASSESSORIA JURÍDICA AMBIENTAL
  84. SÃO MARTINHO – Usina Iracema (Iracemápolis)
  85. SÃO MARTINHO – Usina São Martinho (Pradópolis)
  86. SÃO MARTINHO – Usina Santa Cruz (Américo Brasiliense)
  87. SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE DE SANTOS (Santos)
  88. SINDIPEÇAS – Sindicato Nacional da Indústria de Componentes Para Veículos Automotores (São Paulo)
  89. STOCCHE FORBES ADVOGADOS (São Paulo)
  90. TECNOROAD – Rodas e Pneus para tratores Ltda. (Americana)
  91. TEREOS AÇUCAR E ENERGIA BRASIL S.A (Colina)
  92. TEREOS AÇUCAR E ENERGIA BRASIL S.A (Guaíra)
  93. TEREOS AÇUCAR E ENERGIA BRASIL S.A (Olímpia)
  94. TEREOS AÇUCAR E ENERGIA BRASIL S.A (Pitangueiras)
  95. TEREOS AÇUCAR E ENERGIA BRASIL S.A (Severínia)
  96. TEREOS AÇUCAR E ENERGIA BRASIL S.A (Tanabi)
  97. TETRA PAK MONTE MOR (Monte Mor)
  98. TOYOTA (São Bernardo do Campo)
  99. UNICA (São Paulo)
  100. USINA PITANGUEIRAS AÇÚCAR E ÁLCOOL LTDA (PITANGUEIRAS/JABOTICABAL)
  101. USINA SÃO LUIZ (Ourinhos)
  102. USINA SÃO MANOEL (São Manuel)
  103. USINA VERTENTE (Olímpia)
  104. VIRACOPOS – Aeroportos Brasil (Campinas)

Evento de lançamento

O Governador João Doria, por intermédio das Secretarias de Infraestrutura e Meio Ambiente, Relações Internacionais e da CETESB, lançou, em 29/11/2019, o “Acordo Ambiental São Paulo”, iniciativa para redução de emissão de gases de efeito estufa e incentivo às ações de sustentabilidade.

O ato precedeu a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2019 – COP 25-, que aconteceu em dezembro/19 em Madri, na Espanha.

Durante o evento foram lançadas 14 publicações, resultado de uma parceria entre a CETESB e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), sobre Cenários de Baixo Carbono para a Indústria do Estado de São Paulo 2030 – setores de cimento, cal, siderurgia e química.

Governo de SP cria acordo para redução de emissão de gases do efeito estufa

Galeria de Fotos

Manual de Identidade Visual

A empresa que realizar sua adesão poderá usar a marca oficial do Acordo Ambiental São Paulo.

http://www.comunicacao.sp.gov.br/identidade-visual/?marcas