CETESB fecha mais postos sem licença ambiental

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB, fechou mais 8 postos de combustíveis irregulares no Estado. As interdições ocorreram em 30/3, por falta das licenças ambientais. A operação mobilizou mais de 100 técnicos das Agências localizadas na capital, interior e litoral que, além das interdições, fiscalizaram perto de 600 postos que ainda não atenderam a convocação da CETESB para se licenciarem.

Foram interditados postos nos municípios de São Paulo, São Bernardo do Campo, Osasco, Santos, São José dos Campos, Rifaina, Rosana e Ilha Solteira, que já haviam sido autuados pela agência ambiental e, mesmo assim, deixaram de atender as exigências técnicas visando regularizar o licenciamento.

Atualmente, existem 7.540 postos de combustíveis abertos no Estado, onde 4.228 possuem licenças ambientais e estão regularizados perante a CETESB. Outros 2.232 estão com os processos de pedido de licença em análise e 134 já foram interditados em todo o Estado. O prazo final para regularização dos estabelecimentos será dezembro de 2010.

Foram interditados o Auto Posto Mania, no bairro de Santana, na capital; o Posto de Serviços Castro, em Rudge Ramos, São Bernardo do Campo; o Centro Automotivo Magnólis, em Osasco; o Auto Posto Paraná, em Ilha Solteira; Galdino & Vieira Auto Posto, em Rosana; Galo Branco Serviços Automotivos, em São José dos Campos; o Auto Posto Rifainão, em Rifaina; e o posto de abastecimento do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira, localizado em Santos.

Texto
Renato Alonso
Foto
CETESB