Acidente com caminhão, em Marília, aciona técnicos da CETESB

Técnicos da Agência Ambiental de Marília, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB atenderam, em 22.03, um acidente envolvendo o vazamento de gordura vegetal para o meio ambiente.

Um caminhão, da KRM Transportes, com sede em Ponta Grossa, no Paraná, tombou na altura do Km 274 + 350 m, da Rodovia BR – 153, em Marília. O veículo carregava, aproximadamente, 30,13 toneladas do produto, com procedência da cidade de Paranaguá, no Paraná, com destino para Itápolis, em São Paulo.

Em função do acidente, uma quantidade da gordura, aproximadamente 15 toneladas, escorreu pelo acostamento da rodovia. O restante da carga ficou contida no próprio caminhão.

Os técnicos presentes no local explicaram que a gordura vegetal em contato com o solo se solidifica, fato que auxiliou na remoção do produto. A empresa SOS COTEC, que prestou auxilio na operação de transbordo, também efetuou a raspagem do solo.

Tambores com borras na Capital.

Técnicos da Agência Ambiental de Santana e do Setor de Operações de Emergência da CETESB vistoriaram, em 22.03, uma área, situada na Estrada da Ligação, nº 56, Bairro do Sol Nascente, na capital.

No local, um particular recebia embalagens plásticas e metálicas, utilizadas em empresas, contendo, na maioria das vezes, borras de resíduos químicos diversos. Após uma triagem, com a retirada da borra, as embalagens eram comercializadas para empresas recuperadoras.

A operação era clandestina e não contava com a licença da CETESB. Ao final da ocorrência, a Agência Ambiental de Santana exigiu a retirada dos tambores e a remoção dos resíduos, com destino adequado.

O responsável legal pela área deverá ser penalizado pela CETESB.

Texto – Cristina Couto