91% das praias de SP estão próprias para banho, aponta Cetesb

O boletim do programa de Balneabilidade produzido pela Cetesb apontou que 91% das praias do Estado monitoradas pelo órgão estão em boa qualidade e próprias para banho. Informações foram publicadas na edição desta quinta-feira, 28, no Diário Oficial. O órgão fiscaliza 149 praias do litoral paulista.

Quando estão próprias para banho, as praias recebem uma bandeira da Cetesb de cor verde. Quando impróprias, ganham uma bandeira vermelha.

Balneabilidade 01

“Bandeira vermelha indica água contaminada e significa risco à saúde do banhista, especialmente crianças”, disse a gerente do Setor de Águas Litorâneas, da Diretoria de Engenharia e Qualidade Ambiental da Cetesb, Cláudia Lamparelli.

“Os sintomas mais comuns são vômitos, diarreias, dor estomacal, febre e mal-estar. Eles podem aparecer até uma semana de – pois do contato com a água contaminada e depende da exposição aos micro-organismos (como bactérias e vírus) causadores de doenças”.

Os outros 9% das praias, segundo o boletim, estão impróprias. Entre elas estão a de Itaguá, em Ubatuba; a Preta do Norte, em São Sebastião; a Enseada, em Bertioga; a do Perequê, no Guarujá; e as seis de São Vicente.

O boletim também aponta que 8 das 77 praias da  Baixada Santista e do litoral sul estão impróprias: a da Enseada – Rua Rafael Costabili (Bertioga), do Perequê (Guarujá) e as seis praias de São Vicente.

Todas as praias de Santos, Cubatão (fluvial), Praia Grande, Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Iguape e Ilha Comprida apresentam condições adequadas para banho.

Acesse o mapa da qualidade das praias em: http://praias.cetesb.sp.gov.br/mapa-da-qualidade/