CETESB realiza curso sobre emergências químicas no Equador

Uma equipe de técnicos do Setor de Emergência da CETESB está em Quito, Equador, para ministrar o curso “Prevención, preparación y respuesta a desastres con productos químicos peligrosos”, que conta também com a participação de representante da OPAS – Organização Panamericana da Saúde/Brasil e do Ministério da Saúde e OPAS/Equador . Na abertura do evento, na última segunda-feira (14/11), estiveram presentes o Sub-Secretário do Ministério do Meio Ambiente e o Sub-Diretor Nacional de Defesa Civil do Equador, além dos representantes da OPS Regional daquele país.

Com 40 horas de duração, o curso tem a participação de 41 profissionais de diversas instituições Equatorianas como Corpo de Bombeiros do Distrito Metropolitano de Quito, Força Aérea Equatoriana, Corpo de Bombeiros de Ambato, Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Saúde, Cruz Vermelha, Polícia Nacional, Associação de Produtores de Produtos Químicos e Resinas do Equador, Defesa Civil, além de representantes do Ministério da Saúde da Venezuela, Bolívia, Peru e Colômbia. A equipe da CETESB é formada pelos técnicos Jorge Luiz Nobre Gouveia, Marco Antonio José Lainha e Mauro de Souza Teixeira.

Entre os temas abordados no programa destacam-se riscos químicos, preparação do setor saúde para emergências químicas, fontes de informação sobre produtos químicos, centros toxicológicos, noções básicas de toxicologia, responsabilidades das instituições na prevenção, preparação e resposta às emergências químicas. O curso aborda, ainda, questões relacionadas à saúde, como a preparação do setor e ações de resposta médica para as emergências químicas, tratamento médico de vítimas intoxicadas, atendimento pré-hospitalar , além de incluir informações sobre equipamentos de proteção individual, equipamentos de monitoramento ambiental, atendimento a emergências químicas, descontaminação, planos de ação de emergência . Serão realizadas apresentações e discussão de casos práticos e simulados teóricos e práticos de resposta a emergências químicas.

A realização desse curso se deu através do trabalho integrado entre o Departamento de Cooperação Internacional, Setor de Operações de Emergência e Setor de Transferência de Conhecimento Ambiental da CETESB, o qual proporcionou todo o suporte administrativo para sua viabilização.

Esta é uma das atividades previstas na Carta de Acordo assinada em junho de 2005 entre a CETESB e a OPAS, da qual a CETESB é Centro Colaborador em Preparação para Emergência em Casos de Desastres com Produtos Químicos, condição obtida em 1992. As outras atividades previstas na Carta de Acordo são: levantamento de informações sobre o sistema de resposta a acidentes químicos da cidade de Quito e a realização do curso “Prevención, preparación y respuesta a desastres con productos químicos peligrosos” em El Salvador, que acontecerá na semana de 21 a 25 de novembro de 2005.

Texto
Eli Serenza