Curso, em El Salvador, trata de prevenção, preparação e resposta a acidentes químicos

Uma equipe de técnicos do Setor de Emergência da CETESB encontra-se em San Salvador, El Salvador, para ministrar o curso “Prevención, preparación y respuesta a desastres con productos químicos peligrosos”, que conta também com a participação de Diego González, representante da OPAS – Organização Panamericana da Saúde/Brasil, e de Maurício Ferrer, diretor de Proteção Civil de El Salvador. Na abertura do evento, na última segunda-feira (21/11), estiveram presentes autoridades como o subsecretário do Ministério da Saúde de El Salvador e o diretor nacional de Defesa Civil de El Salvador.

Com 40 horas de duração, o curso tem a participação de 30 profissionais de diversas instituições de El Salvador como Corpo de Bombeiros, Polícia Nacional Civil, Ministério da Saúde, Cruz Vermelha e Defesa Civil, além de representantes do Ministério da Saúde de Honduras, Corpo de Bombeiros de Honduras e Corpo de Bombeiros da Nicaraguá.

A equipe da CETESB que está ministrando o curso é formada pelos técnicos Edson Haddad, Carlos Ferreira Lopes e Ronaldo de Oliveira Silva. Entre os temas abordados no programa destacam-se riscos químicos, preparação do setor saúde para emergências químicas, fontes de informação sobre produtos químicos, centros toxicológicos, noções básicas de toxicologia e responsabilidades das instituições na prevenção, preparação e resposta às emergências químicas.

O curso aborda, ainda, questões relacionadas à saúde, como a preparação do setor e ações de resposta médica para as emergências químicas, tratamento médico de vítimas intoxicadas e atendimento pré-hospitalar, além de incluir informações sobre equipamentos de proteção individual, equipamentos de monitoramento ambiental, atendimento a emergências químicas, descontaminação e derrames de petróleo no mar. Serão realizadas apresentações e discussão de casos práticos e simulados teóricos e práticos de resposta a emergências químicas.

A realização desse curso se deu através do trabalho integrado entre o Departamento de Cooperação Internacional, Setor de Operações de Emergência e Setor de Transferência de Conhecimento Ambiental da CETESB, o qual proporcionou todo o suporte administrativo para sua viabilização.

Esta é uma das atividades previstas na Carta de Acordo assinada em junho de 2005 entre a CETESB e a OPAS, da qual a a agência ambiental paulista é, desde 1992, Centro Colaborador em Preparação para Emergência em Casos de Desastres com Produtos Químicos. As outras atividades previstas na Carta de Acordo são: levantamento de informações sobre o sistema de resposta a acidentes químicos da cidade de Quito e a realização do curso “Prevención, preparación y respuesta a desastres con productos químicos peligrosos” em Quito, Equador, o qual foi realizado na semana de 14 a 18 de novembro de 2005.

Informações e fotos
enviadas por Edson Haddad, de San Salvador, El Salvador.