Curso on-line sobre atendimento à emergências químicas em inglês

Geraldo Amaral, Carlos Eduardo Brescia e José Carlos Broisler.

O curso de autoaprendizagem em Prevenção, Preparação e Resposta a Emergências e Desastres Químicos, iniciativa da Organização Panamericana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPS/OMS), da CETESB e dos Ministérios da Saúde do Brasil e da Argentina, disponível em português e espanhol, em breve contará com uma versão em inglês, como forma de disseminação de conhecimento técnico e científico, para atender aos países de língua inglesa no Caribe. Isto foi possível graças à um Termo de Cooperação Técnica assinado nesta sexta-feira, dia 25, entre a agência ambiental paulista e a Companhia de Gás de São Paulo – COMGAS, que ficou encarregada pela tradução de todo material do curso.

“Consideramos o uso inteligente de uma parceria público-privada, que trará grandes benefícios para os países que necessitam se capacitar nesta área de atendimento”, afirmou José Carlos Broisler Oliver, diretor de Operações da COMGAS, que esteve na sede da CETESB, acompanhado por Carlos Eduardo de Freitas Bréscia, responsável pela área de Assuntos Regulatórios e Institucionais.

Para o diretor de Controle e Licenciamento Ambiental da CETESB, Geraldo do Amaral, este curso à distância, agora terá uma penetração ainda maior regionalmente. “Cada vez mais estamos transferindo a nossa expertise em atendimento à acidentes ambientais a toda a América Latina e Caribe”, disse.

O curso é um dos resultados da parceria da CETESB com a OPAS – Organização Pan Americana da Saúde e a OMS – Organização Mundial da Saúde, em reconhecimento à especialização e atuação da agência na prevenção e resposta aos casos de acidentes com produtos químicos, o que valeu para sua designação, em 1992 (revalidada em 2010), como Centro Colaborador na Prevenção de Emergências em Casos de Desastre, com a atribuição de disseminar o conhecimento, cumprindo uma das missões da OPAS/OMS no que tange à transferência de tecnologia a instituições de países da América Latina e Caribe.

O curso é oferecido gratuitamente, no endereço http://www.bvsde.paho.org/cursode/p/index.php, por enquanto somente em português e espanhol (em breve também em inglês), tendo como público-alvo profissional com formação técnica ou superior, representantes de instituições públicas governamentais e de organizações não governamentais, empresas privadas, professores, estudantes de universidades, além de todos os interessados no assunto, com o objetivo de proporcionar elementos teóricos e práticos, como meios adequados para aplicação de ações de prevenção, preparação e resposta, de maneira rápida e eficiente, diante de situações de emergências e desastres químicos, em âmbito local, regional e nacional.

Segundo os dirigentes da COMGAS, a empresa adota como postura, a cooperação com os órgãos regulatórios e o trabalho conjunto com todos os setores e organizações externas envolvidas com a melhoria e o desenvolvimento do atendimento às práticas gerenciais de segurança, saúde e meio ambiente, coincidindo com os propósitos do Curso de Autoaprendizagem. A equipe de emergência dessa Companhia já atua em parceria com a da CETESB, no âmbito operacional.

Texto: Rosely Martins
Fotos: José Jorge