Governo aprova aumento do quadro de funcionários na CETESB

O governador Geraldo Alckmin aprovou parecer favorável da Comissão de Política Salarial, que autoriza a reestruturação e a contratação de novos funcionários na CETESB – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. A proposta  foi encaminhada ao CODEC em 22/11 e, após diversas gestões do secretário do Meio Ambiente, Bruno Covas e da diretoria da companhia junto às instâncias do Governo, a reivindicação foi atendida, fixando o novo quadro de pessoal em 2.484 cargos, representando 12,3% de aumento.

O aumento no quadro se dá em razão das novas atribuições acrescidas à CETESB pela Lei Estadual nº 13.542, de 8 de maio de 2009, que assumiu as tarefas anteriormente conferidas aos extintos DEPRN – Departamento Estadual de Proteção dos Recursos Naturais, DUSM – Departamento de Uso do Solo Metropolitano e DAIA – Departamento de Avaliação de Impacto Ambiental, pertencentes à estrutura da Secretaria Estadual de Meio Ambiente.
Além das novas atribuições, a CETESB introduziu um novo modelo de gestão ambiental, promovendo modificações significativas na sua estrutura organizacional, inclusive com a ampliação do número de funcionários, para atender a esse novo modelo de gestão, em consonância com as diretrizes de Governo e às necessidades da sociedade.
Segundo a diretoria, foi verificado nos últimos anos um constante aumento no já elevado passivo de serviços e processos de responsabilidade da CETESB, o que tem acarretado  o acréscimo de inúmeras demandas e questionamentos de diversos órgãos públicos das três esferas de Governo, tais como: Ministério do Meio Ambiente, IBAMA, Ministério Público, Poder Judiciário, Prefeituras e Câmaras Municipais, entre outros.
Além disso, cabe destacar que, em face do renome, prestígio e credibilidade alcançada pela CETESB no nível nacional e internacional nesses 40 anos de sua existência, a agência tem sido constantemente solicitada a prestar cooperação a diversos organismos, bem como indicar seus técnicos para participar de inúmeros congressos, seminários, grupos de estudo e trabalho, que tratam de temas relacionados às questões ambientais.
Apenas para exemplificar essas demandas, técnicos especializados no atendimento de acidentes ambientais, nos próximos dias estão retornando da Antártica, para onde se dirigiram há quase um mês, no último dia 24/11, para acompanhar os trabalhos de desmonte da estação  brasileira Comandante Ferraz (EACF), destruída durante incêndio ocorrido em 25/02 deste ano. A CETESB vem participando das ações emergenciais em consequência do acidente desde abril, quando foi convocada pelo governo brasileiro para assessorar na elaboração de um plano de remoção de resíduos decorrente do incêndio.