No momento você está vendo Abrelpe entrega publicação sobre combate às fontes de poluição marinha por resíduos sólidos

Representantes da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), em 18/12, entregaram pessoalmente à diretora-presidente da CETESB, Patrícia Iglecias, o livro “Combate às Fontes de Poluição Marinha por Resíduos Sólidos”. A publicação conta a história do projeto homônimo, realizado em parceria com a Associação Internacional de Resíduos Sólidos (Iswa), a Agência de Proteção Ambiental da Suécia (Sepa) e a Secretaria de Meio Ambiente de Santos.

O livro traz, em 82 páginas, informações – em português e inglês – sobre todas as ações de investigação, coletas, leitura e interpretação de dados, e visitas técnicas que identificaram as fontes de lançamento do lixo e tipos de resíduos encontrados nos oceanos, mostrando de que forma os municípios podem atuar para aprimorar a gestão de resíduos sólidos, de forma a evitar que ess lixo acabe indo para o mar.
O projeto teve início na cidade de Santos e recebeu a adesão de municípios como São Luís (MA), Ipojuca (PE), Fortaleza (CE), Rio de Janeiro (RJ) e Balneário Camboriú (SC), além de Bertioga (SP). A CETESB dará assistência aos trabalhos, como parte do Acordo de Cooperação Técnica firmada com a Abrelpe em março deste ano.

“Muito do que tem sido dito e feito no tema de poluição marinha tem se relacionado a ações de limpeza e remoção dos materiais já descartados ou depositados nos oceanos. O conceito desenvolvido pela Iswa e implementado pela Abrelpe no Brasil, a partir de Santos, reverte essa lógica e foca na prevenção da poluição, por meio do aprimoramento e reforço das ações de gestão de resíduos nas cidades, de forma a evitar que os materiais cheguem nos corpos d’água”, disse Carlos Silva Filho, presidente da Abrelpe e vice-presidente da Iswa.

Fotografia: Pedro Calado