Governador considera Cetesb essencial como força de trabalho

Em entrevista, na manhã desta quarta-feira (18), ao programa “90 Minutos com Datena”, na Rádio Bandeirantes, o governador João Doria, ao comentar sobre as medidas de seu governo para combater o coronavírus, cita a Cetesb, em duas oportunidades, como empresa prestadora de serviços essenciais à população do Estado de São Paulo. Segundo Doria, “precisamos ter toda a força operativa trabalhando e atendendo a população e, principalmente os mais vulneráveis”.

“Profissionais de áreas essenciais, como Saúde, Segurança Pública, Sistema Penitenciário, Sabesp, Cetesb, nós cancelamos férias, licenças; exceto licenças de saúde, todas as demais estão suspensas também”, informou o governador, esclarecendo também que, com exceção dos funcionários que tem força de comando e posições diretivas na estrutura de comando do governo de São Paulo, “todos os demais devem trabalhar remotamente e seguirem as orientações de seus chefes imediatos”.