Representes da UNICA e ASAZGUA são recebidos na CETESB

Diretora–presidente, Patrícia Iglecias, conversou sobre os avanços ambientais no setor sucroenergético com representantes da União da Indústria de Cana-de-Açúcar e da Associação de Açucareiros da Guatemala.

Foram recebidos hoje, 21/03, na sede da CETESB, na Capital Paulista, representantes da UNICA – União da Indústria de Cana-de-Açúcar e da ASAZGUA – Associação de Açucareiros da Guatemala. Na ocasião, Patrícia Iglecias falou sobre os avanços do setor durante a atual gestão de governo, como a eliminação da queima da palha de cana, os avanços nas pesquisas e a publicação de novos regramentos para o licenciamento.

“A CETESB, nos últimos anos, intensificou os acordos voltados para o setor sucroenergético. Foram atualizadas as regras de licenciamento, eliminada a queima da palha e valorizado o etanol como combustível verde.” Explicou a dirigente da CETESB.

Luiz Miguel Paiz, da ASZGUA e atual presidente da UNALA – União da Indústria de Açúcar da América Latina – ressaltou a importância da parceria entre os setores privado e público para a construção de um meio ambiente sustentável. “Vamos compartilhar as melhores experiências. Queremos fazer uma parceria com o Estado de São Paulo para divulgar na América Latina os melhores projetos.”

Renata Camargo, da UNICA, elogiou a atual gestão da CETESB e relatou que foi um momento de transformação, em que a UNICA saiu da passividade para a colaboração em normas e projetos. “A CETESB, na gestão de Patrícia Iglecias, convocou o setor para uma participação ativa.”

Patrícia Iglecias ressaltou a relevância dessa unidade e parceria. ”A CETESB trabalha pela qualidade de vida da população do Estado, bem como pela qualidade ambiental. As parcerias entre o setor público e privado trazem ganhos para toda sociedade.”

Estiveram, também, na reunião: Luis Fernando Salazar – Asazgua, Gustavo Paredes – Asazgua, Fábio Soldera e Mariana Sarabia – Protocolo Ambiental Etanol Mais Verde.

Patrícia Iglecias e Luís Miguel Paiz