Empresa em S.J. dos Campos é multada em R$ 123 mil por lançar fuligem à atmosfera

A operação inadequada de uma caldeira aquecida a óleo combustível na Radicifibras Indústria e Comércio Ltda., na cidade de São José dos Campos, Vale do Paraíba, provocou a emissão, por volta das 11h00, de 12.01, de um grande volume de fumaça preta e fuligem atingindo os bairros vizinhos, gerando um grande número de reclamações da população.

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB, órgão da Secretaria Estadual do Meio Ambiente – SMA, que considerou a infração gravíssima, multou a empresa em 7.500 Unidades Fiscais do Estado de São Paulo – UFESP, que correspondem a R$ 123.150,00, pelos danos causados ao meio ambiente e à população.

Segundo parecer da Agência Ambiental de São José dos Campos, da CETESB, a “emissão de fumaça preta à atmosfera, com densidade colorimétrica superior ao padrão 1 da Escala de Ringelmann, que mede essa forma de poluição, perdurou por um período superior a 30 minutos, resultando na precipitação de fuligens nas áreas circunvizinhas à empresa e nas águas do Rio Paraíba do Sul, causando inconvenientes ao bem-estar público e incômodo à população”.

A empresa, localizada na Rua Pedro Rachid, 846, Bairro de Santana, produz fibras sintéticas. O acidente ocorreu na operação de partida da caldeira alimentada com óleo combustível.

Texto
Newton Miura

Fotografia
Agência Ambiental de São José dos Campos