CETESB interdita Aterro Municipal de Itatinga

A CETESB interditou, em 21/9, o aterro sanitário municipal de Itatinga, devido à prefeitura local não ter atendido as exigências técnicas feitas pela agência ambiental para adequar a disposição dos resíduos, como cobrir o lixo e proibir o descarte de pneus e as eventuais queimas do material depositado.

Os problemas com o referido aterro demandam desde 2006, não tendo obtido – neste período – Índice de Qualidade de Aterro de Resíduos (IQR) superior a 6,0, classificação feita pela CETESB para avaliar as condições de operação dos aterros. A disposição inadequada dos resíduos ao ar livre aumentou a proliferação de vetores (moscas, mosquitos e outros) e a emissão de odores, o que gerou reclamações da comunidade. Além disso, com anuência da prefeitura, o local servia de depósito de grande quantidade de pneus usados.

Antes dessa medida, a Prefeitura de Itatinga já havia sido penalizada com advertências, multa e multa diária.

Texto: Júlio Vieira