Resíduos sólidos e geração de energia em Rio Pardo

A correta destinação dos resíduos sólidos urbanos tem mobilizado os municípios do Estado de São Paulo. Dessa vez, São José do Rio Pardo procurou a CETESB em busca de apoio sobre o tema. Na quinta-feira, 21 de fevereiro, a diretora-presidente da CETESB Patrícia Iglecias recebeu o prefeito Ernani Christovan Vasconcellos.

O prefeito quer gerar energia a partir dos resíduos sólidos urbanos. Empenhado em colocar a ideia em prática, Vasconcellos já visitou outros locais que possuem o mesmo sistema de tratamento de resíduos e agora quer saber sobre a viabilidade técnica. A cidade de São José do Rio Pardo faz parte de um consórcio, que conta com 16 municípios, todos interessados em participar.

Patrícia Iglecias explicou que é preciso encontrar novas soluções para a destinação adequada dos resíduos sólidos com foco na inovação tecnológica. “E a CETESB está disposta a apoiar tecnicamente com as informações necessárias, dentro da sua gestão de portas abertas”.

Para isso, nova reunião com técnicos da CETESB já está agendada, quando serão apresentadas as informações sobre o assunto. Participaram do encontro, Helio Escudero, assessor do prefeito, e da CETESB, o gerente da Divisão de Coordenação Setorial Richard Hiroshi e a chefe de gabinete Caroline Marques Leal Jorge Santos.

Texto: Luciana Reis
Foto: Fernando Hisi

Reunião São José do Rio Pardo

O prefeito Ernani Christovan Vasconcellos e a diretora-presidente da CETESB Patrícia Iglecias