SMA e Cetesb interditam aterro de Cafelândia

Lixão Cafelândia 01
O aterro sanitário do município de Cafelândia, no interior de São Paulo, foi interditado na manhã da quinta-feira (26/01) pela Secretaria do Meio Ambiente e Cetesb. O local, que vinha sendo utilizado pela prefeitura para o descarte clandestino de lixo, estava sendo monitorado pelo órgão ambiental desde 2011, sendo multada em quatro oportunidades.

A interdição foi assinada no próprio local pelo secretário estadual do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que desde o início de sua gestão tem feito grandes esforços para adotar a política do lixão zero no Estado.

Segundo Salles, que esteve em Cafelândia com uma equipe da Cetesb, inclusive com o diretor de Controle e Poluição Ambiental, Geraldo do Amaral e com a Polícia Militar Ambiental, as ações desta força-tarefa para eliminar os lixões clandestinos terão continuidade e já solicitou à Agência um levantamento completo da situação dos aterros sanitários existentes no Estado para uma avaliação das condições de operação.

Apesar de informar que pretende implantar um novo aterro na cidade, a prefeitura de Cafelândia ainda não apresentou à Cetesb nenhum pedido de licenciamento de uma nova área para depósito de resíduos.

Lixão Cafelândia 02

Lixão Cafelândia 03

Lixão Cafelândia 04