Técnicos da Agência de Marília interditam aterro municipal de Oriente

Técnicos da Agência Ambiental de Marília, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB, efetuaram, em 25.03, a interdição definitiva do Aterro Sanitário em Valas da cidade de Oriente. O vazadouro se localiza na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, km 469+930m, na zona rural do município.

O aterro detém a Licença de Operação da CETESB, desde 2001, e funcionou, de forma satisfatória, até meados de 2007, quando as condições operacionais inadequadas levaram a Agência de Marília a adotar ações coercitivas mediante a aplicação de diversas penalidades.

Assim, de 2007 a 2010, foram aplicadas 02 penalidades de Advertência, 04 de Multa pontual e 01 de Multa Diária, sendo esta última, em 21.11.2009, quando a capacidade do aterro encontrava-se praticamente esgotada.

No início de 2010, a Agência chegou a propor a penalidade de Interdição, fato que não se concretizou devido à intervenção da Prefeitura, que providenciou a abertura de nova vala, o que propiciou uma operação aceitável, até o final do ano, quando efetivamente o aterro foi considerado tecnicamente esgotado.

Texto: Mário Senaga.