Resíduos oleosos

As ações emergenciais de combate aos derramamentos de óleo no mar não se encerram com o final das atividades de contenção e recolhimento. As ações prosseguem com a operação de limpeza das praias e demais áreas atingidas, envolvendo inclusive o trabalho de gerenciamento dos resíduos oleosos constituídos por substâncias sólidas (areia ou terra) como também por misturas oleosas recolhidas nas operações de mar.

Operação de combate e recolhimento de resíduos oleosos

Operação de combate e recolhimento de resíduos oleosos

A CETESB – Setor de Operações de Emergência tem observado que quanto menor o volume de resíduo oleoso gerado, menor será o impacto já provocado pelo derramamento de óleo, como também reduzidas serão as despesas relacionadas com o acondicionamento, transporte, tratamento e destinação. Ressalta-se que estas atividades são de responsabilidade do poluidor e devem ser submetidas à aprovação do órgão ambiental competente.