Johannesburgo

30 anos após a primeira conferência mundial sobre meio ambiente Johannesburgo sediou entre 26 de agosto e 4 de setembro de 2002 a Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável ( Rio+10) . O encontro teve como intuito reavaliar e implementar as conclusões e diretrizes obtidas na Rio-92 além de discutir metas relacionadas para as mudanças climáticas e o crescimento da pobreza  e reduzir as enormes diferenças entre os padrões de vida das populações e elaborar uma estratégia para alcançar um desenvolvimento sustentável.

Estabeleceu-se como meta reduzir pela metade, até 2015, o número de pessoas sem acesso a saneamento, e desenvolver mecanismos para reverter o quadro de extinção de peixes e estoques pesqueiros internacionais.

Entre os documentos gerados durante a Cúpula estão a Declaração de Joanesburgo sobre Desenvolvimento Sustentável e um Plano de Implementação.

Um resumo (em inglês) dos debates ocorridos durante a Cúpula